Sobre mim


Nascida no final da década de 70, casada e mãe de três filhos, que são a luz dos meus olhos ...

O gosto pela arte remonta a antigas gerações da minha família... mas foram os números que me deram a profissão.

A maternidade fez-me repensar os desígnios da minha existência e eis que consegui dar vida aos meus sonhos de criança ...

Sempre com muito carinho e dedicação vou esculpindo os papeis, dando sentido ao que me vai na alma ...

Delicadeza e requinte é o que procuro colocar em cada trabalho, intensificando sempre cada razão da minha missão ....

Sou uma criatura inquieta que procura a constante perfeição....

Formação



Autodidata e curiosa, aprendo testando. Experimentar, "brincar" com os papeis é o que mais me fascina ...



Pegar num simples papel branco e aplicar uma textura... perfurar os cantos ou as laterais ... um pouco de cor ... umas purpurinas ...



Misturar com dois ou três papeis a combinar ... uma flor, umas pérolas ... uma fita ... e finalmente ...



um toque de alma faz nascer um cartão ....



Do nada crio algo ... um cartão para ajudar a memória de um momento a perdurar no tempo... para mais tarde gostar de recordar....



Papeis na minha vida



Os papeis sempre fizeram parte da minha vida.


Já em criança adorava fazer recortes... e desenhos. Sempre tive um especial fascínio pela educação visual e pelos trabalhos manuais...



A procura por uma formação para entrar no mercado de trabalho levou-me, como não poderia deixar de ser, aos papeis ... mas os relacionados com aplicações, faturas, pendentes e afins .... com muitos números à mistura, mas mesmo esses eu gostei de os manter bem organizados e agrupados numa bela pasta de arquivo sempre pronta a dar informação atualizada e fácil de consultar...



A maternidade veio aguçar a minha paixão pelos papeis decorativos, e após muitas horas de contemplação divina, avancei com coragem, e apoio do meu marido, para mudar a minha vida... e dar vida a um sonho de criança ... de brincar com papeis...



Brincar com papeis, misturar cores e texturas, mas como sempre, perfeccionista que sou, procurei, explorei e encontrei e testei várias ferramentas, colas, aplicações ... enfim ... um mundo de magia em que a imaginação é o limite... ou seja ... no meu caso particular, não tem limite!!!



De um simples pedacinho de papel criar uma flor... um coração... um arabesco e com um toque de alma criar ... criar ... criar ...



Sempre envolta em papeis... registei muitos momentos importantes da minha vida e da vida dos que me rodeiam em cartões... inicialmente de um modo muito básico e diria mesmo rudimentar... mas hoje sei que é possível fazer melhor e que estou muito longe ainda do limite ...



Mas isso é mesmo o que me fascina ... e aguça a minha vontade de aprender e aperfeiçoar o modo de "brincar" com os papeis ...





Inspirações



Sou uma mulher de fé, e sinto-me realizada com o que faço.





A minha inspiração vem da alegria no rosto dos meus filhos ... vê-los felizes e poder estar com eles 24 horas por dia, acompanhar todos os seus momentos e evoluções, faz de mim uma mãe babada, com o coração a querer sair do peito de tamanha que é a alegria que sinto ...





E é essa a sensação que me move e que me dá asas para voar na magia da imaginação ....



Agradeço a DEUS a vocação e ao meu marido o privilégio de poder desfrutar e educar os nossos filhos 24 horas por dia, e poder desfrutar da magia de criar e "brincar" aos papeis ....





NEWSLETTER